Soluções técnicas em engenharia elétrica e telecomunicações

Todos os artigos

Artigos

O técnico

 

Entre outros casos, no Brasil vemos como técnico, aquela pessoa que simplesmente conserta algo. Isso leva a desvalorização de todo um segmento profissional.

Técnico é aquele que estuda muito, se forma, tem registro no respectivo Conselho Regional e aplica as normas técnicas da melhor forma possível, visando o bem estar individual e coletivo das pessoas, o menor impacto ambiental, a melhor solução tecnológica e o desenvolvimento da ciência.
O técnico tem responsabilidade sobre tudo o que faz e posteriormente pode ser cobrado por erros e danos.

Muitos técnicos são boicotados, devido a sua altíssima capacidade profissional, e a falta de informação das pessoas, que desconhecem esse tipo de mão-de-obra qualificada. Os técnicos espalhados pelo nosso país, disputam vaga com eletricistas e engenheiros, muitas vezes perdem para os dois, por falta de conhecimento dos nossos compatriotas.
Os cidadãos desinformados, só conhecem as profissões de engenheiro e eletricista, para eles eletrotécnico é um palavrão, o técnico é apenas aquele "cara" que conserta televisão.
Somos membros com participação ativa na "sociedade de conhecimentos específicos", já que executamos muitos serviços e desenvolvemos inúmeros projetos por esse Brasil a fora.

O técnico no Brasil é uma profissão "marginalizada" sem identidade própria, sempre atrelada a um nível de formação inferior ou superior (temos no eletrotécnico um exemplo clássico onde ele é confundido com o eletricista e o engenheiro). No entanto, formamos a esmagadora maioria da mão-de-obra qualificada que faz o país crescer e se desenvolver.
Mas, podemos afirmar, que temos a confiança de todos aqueles que conhecem nossa profissão.

O desenvolvimento e as mudanças que fazem o país crescer, nas diversas áreas tecnológicas, e que hoje atingem velocidades exponenciais, precisam, mais do que nunca, da alavanca movida pelos técnicos. Sem elas, essa velocidade cairia vertiginosamente, e não teríamos mão-de-obra qualificada para empregar toda essa tecnologia.

A vivência profissional de um técnico, normalmente, inicia-se com muita prática, e é com esse princípio, o da prática, que desenvolvemos nossos projetos com perfeição e plena confiança no resultado final, aliando as normas técnicas ao vivenciado no campo de trabalho.

Quando uma pessoa precisa reformar sua casa, não imagina, que possa chamar um técnico em edificações e um eletrotécnico, ele chama um pedreiro e um eletricista ou um engenheiro.
Precisamos mudar essa realidade, divulgando para nossos amigos cada vez mais a nossa profissão e esclarecendo a todos as nossas atribuições, assim como as dos demais profissionais relacionados com o nosso trabalho.

Fabrício Mendonça
Eletrotécnico
CREA-RJ 154531

Desde 2006

Recomende:    Twitter   Facebook   Email

© 2015 Fabrício Mendonça Eletrotécnico.